rastros dos que aqui estiveram...

Quem sou eu

Minha foto
Eu sou uma pessoa que insiste em coisas que já deviam ter findado, Tenho um limite muito largo e um pavio infinitamente curto.

Com quem colar os cacos...

Filmes pra bulir com a alma...

  • NÓS QUE AQUI ESTAMOS POR VÓS ESPERAMOS
  • DANÇANDO NO ESCURO
  • SR. DAS MOSCAS
  • ESTAMIRA

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O CAOS é amigo do ACASO primo do IMPROVISO parente do VAI DAR CERTO que é filho do QUASE SEMPRE.
Gutto Moreira

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Natal de monstros...

Árvore de Gelo, monstros colhendo plantas de refrigerante,muito verde e tranquilidade.
Esse é o meu Natal.
Mas, de todos agradeço o carinho que sinto vindo de mansinho em pequenas ondas.
Á todos meu desejo de saúde, tranquilidade, alegria , amor e afetos sinceros.
Sempre.
Silvia

Thought of You

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

'Marcas evidentes do tédio...
Você vê ????'
OH COISA CHATA!!!! uma vontade de mudar a cor do meu blog e não consigo...pode??????logo eu que não gosto de mudar , quando quero mudar -não consigo...
Será isso algum sinal????????????????????
"Cesse de uma vez meu vão desejo de que o poema sirva a todas as fomes ."
Adélia Prado

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

TENHO MEDO.
é assim, no meio de um vazio bem pequeno se instala.
uma vontade de sumir.
uma briga interna.
nem sei...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Há em mim uma tentativa cega de organização...
Queria ter menos entulho dentro e fora.
Mas, quero por tão pouco tempo que não consigo me livrar de quase nada.
Papéis, coisinhas, escritos, lembranças,panos, sobras,cacos.
Não quero me desfazer de nadinha.
Um pedaço de algo que me lembra outro algo, uma lembrança de um tempo, um retalho colorido.
Como me são caras as sobras , os restos.
A tentativa de organizar se esvai diante do meu carinho pelo pouco de existência de cada coisa .
Existir, nas sobras, nas impossibilidades, nos restos, nos quase vazios, ou no amontoado, um lixão limpo,um entulho de quase...
Gosto, tenho apego a pedaços, cacos.
Todos as noites durmo ao lado de muitos homens,
infinitas possibilidades...

Fernando, Caio,Bertold,Manoel,Gabriel.

E quando deles me canso,também há as mulheres.
Clarice,Maité,Martha,Isabel.
Sou volúvel, inquieta, insatisfeita.
Deito-me com todos, e por vezes jogo um ou outro para longe.
Essa é uma da formas que descobri de aplacar a solidão. me cerco deles. No chão, em cadeiras, amontoados.

Povoo meu quarto de livros, títulos, autores.
Assim, com eles: converso,deito,choro,sorrio, gargalho,lastimo,revolto-me.
Posso garantir que na maioria das vezes ,é melhor do que sexo...
SERÁ QUE À MEDIDA QUE VOCÊ VAI VIVENDO,ANDANDO,VIAJANDO,VAI FICANDO CADA VEZ MAIS ESTRANGEIRO?
DEVE HAVER UM PORTO."

CFA.

O ar está pesado, formigas de asa aparecem em lugares inusitados.Um tempo inquieto, em suspenso.
Cheiro de chuva no ar.Céu cinza.Vento frio, chão úmido.
Inverno.
tempo de aquietar-se.
A chuva lava as dores, devagarinho,lava as casas, deixa tudo pálido.
Inverno.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

"HOJE é O COMEÇO DO FIM DO ANO..."
SE EU FOSSE EU - EU SERIA QUEM????????
E se eu fosse mesmo eu, será que eu seria como eu sou ????
O que eu sendo eu mudaria em mim?

domingo, 28 de novembro de 2010

Confesso que ando com saudade de escrever por aqui..Confesso que venho fugindo daqui.Confesso que é dificil escrever e não ter resposta. Confesso que criei expectativas de aplacar a minha solidão.Confesso que fujo pra não contar como me sinto. Confesso que sinto falta de escrever.Confesso que me perdi ,perdi o rumo, não consegui fazer o caminho de volta.
E agora lentamente vim aqui.
Escrever.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

sábado, 6 de novembro de 2010


Não acabarão nunca com o AMOR.
Nem as rusgas, nem a distância.
Está provado,pensado, verificado.
Aqui levanto solene minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo Firme, Fiel e Verdadeiramente.



Vladimir Maiakóvisk

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Deus de vez em quando me tira a poesia.Olho para uma pedra e vejo uma pedra.
Adélia Prado

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Para lembrar...

Dia 17 na ARTELARIA nos reunimos para lembrar o Marcelo, sua partida , sua vida , sua morte , ele.
Foi muito lindo.
E inusitado.Estavam lá pessoas que dificilmente caberiam num mesmo chamado:
Eu, Rosa da Fonseca, Ary Sherlock, Uirá dos Reis,Leo Macklene,a Mãe do UIRà , a Mãe do Fabian, A mãe , irmã e tias do Marcelo, Daniel Medina,Bartira sua filha e seu companheiro, Luciola, Carlos Emilio . Muita gente .Outras pessoas que conheço e não lembro o nome.
Foi delicado, tocante e muito bonito. Deu uma paz, acalmou um pouco meu coração.
Agradeço a todos que foram.
Guardaremos esse dia no coração.
Salve Marcelo.. Sigamos em paz.

falta menos de um mês...

Falta menos de um mês para o meu aniversário- e eu pergunto -
Como vou comemorar ?????
Eu gostaria demais de ver uma pessoa que não vejo desde 2002. Quase impossivel.
Mas, então, como comemorar ?????
Uma festa ?????
Uma viagem???
como???
estou a cata de sugestões;
Como você comemoraria meu aniversário???????
será no dia 11/11
sou de escorpião....

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

BAILARINA DO TEMPO
Letra: Ronaldo Cavalcante
Música: Edmar Gonçalves

Dançarina do luar
O meu silêncio foi maior
Que a dor que sinto.

Tive medo do mundo
Quando vi você partir.
Tive medo de tudo
Por não ter como seguir.

Os segredos da vida
E os espinhos da flor
Machucam o coração
Do teu bem querer.
Que não viveu
Colecionou lembranças.

Na procura, dançamos nós
Em um tempo veloz
Que minha voz
Não diria já mais.


Fortaleza Ceará
08/01/2010

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Abaixo a IMPUNIDADE-Aos que matam - LIBERDADE.É isso que chamamos de JUSTIÇA??????


Congresso Internacional do Medo Drummond

Provisoriamente não cantaremos o amor,
que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos.
Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços,
não cantaremos o ódio porque esse não existe,
existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro,
o medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos,
o medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas,
cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas,
cantaremos o medo da morte e o medo de depois da morte,
depois morreremos de medo
e sobre nossos túmulos nascerão flores amarelas e medrosas.


Fez até o anonimato dos afetos escondidos...
A saudade dos amores que já foram destruídos...
Foi Deus...
(Amelinha)

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

MARCELO,BIVAR , e VICENTE.

Que DEus, Oxum, e todos os anjos os recebam e iluminem seus novos caminhos, e que de onde vocês estiverem sintam a nossa dor e a nosso pesar por vocês terem partido .
Um dia nos encontraremos.
Luz , paz e amor.
E para nós que ficamos um forte desejo que a vida não seja tão dura , que entre uma dor e outra haja espaço para o entendimento disso tudo.

Bivar , amigo , doce amigo, siga em paz, que os anjos te iluminem e você distribua sua doçura onde estiver.fico aqui aturdida com a vida....

Astor Piazzolla & Gerry Mulligan - Years of Solitude - Live in Italy in...

Para dizer que o amor que sei que sinto não morre nunca.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Vai Marcelo Espalhar poesia, rebeldia pelos cantos , firme e em paz.Um dia nos encontraremos todos de novo no Benfica do Céu ou do inferno.Mas, não desista da sua rebeldia, da sua insanidade nem no fim,daqui acenderemos luzes de incorformidade, chutes nesse sistema fodido que esmaga as pessoas, os ideais, as utopias. daqui gritaremos por uma cidade que acolha os insandecidos , os poetas,os inconformados como tu, como tantos de nós.PUTA QUE PARIU como doi saber do BEnfica sem teu sorriso quase tímido, do seu - vou lá, me aguarde.Vai tranquilo, por escolha , antes de se fazer o tempo, mas,deixará marcas nas nossas noites , e sem dúvidas ficaremos empobrecidos sem tua poesia , seguiremos por um tempo desencantados , até que tu se faz luz na nossa memória ou que chegue a hora de juntar todos num só canto.Salve Marcelo!!!!!Salve"""Luz....

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Texto de Leonardo Boff-para pensar

Leonardo Boff: A mídia comercial em guerra contra Lula e Dilma

Por Leonardo Boff, na Adital, via Vermelho

23 de setembro de 2010

Sou profundamente pela liberdade de expressão em nome da qual fui punido com o “silêncio obsequioso” pelas autoridades do Vaticano. Sob risco de ser preso e torturado, ajudei a editora Vozes a publicar corajosamente o “Brasil Nunca Mais”, onde se denunciavam as torturas, usando exclusivamente fontes militares, o que acelerou a queda do regime autoritário.

Esta história de vida me avalisa fazer as críticas que ora faço ao atual enfrentamento entre o Presidente Lula e a midia comercial que reclama ser tolhida em sua liberdade. O que está ocorrendo já não é um enfrentamento de ideias e de interpretações e o uso legítimo da liberdade da imprensa. Está havendo um abuso da liberdade de imprensa que, na previsão de uma derrota eleitoral, decidiu mover uma guerra acirrada contra o Presidente Lula e a candidata Dilma Rousseff. Nessa guerra vale tudo: o factóide, a ocultação de fatos, a distorção e a mentira direta.

Precisamos dar o nome a esta mídia comercial. São famílias que, quando veem seus interesses comerciais e ideológicos contrariados, se comportam como “famiglia” mafiosa. São donos privados que pretendem falar para todo Brasil e manter sob tutela a assim chamada opinião pública. São os donos de O Estado de São Paulo, de A Folha de São Paulo, de O Globo, da revista Veja, na qual se instalou a razão cínica e o que há de mais falso e chulo da imprensa brasileira. Estes estão a serviço de um bloco histórico assentado sobre o capital que sempre explorou o povo e que não aceita um Presidente que vem desse povo. Mais que informar e fornecer material para a discusão pública, pois essa é a missão da imprensa, esta mídia empresarial se comporta como um feroz partido de oposição.

Na sua fúria, quais desesperados e inapelavelmente derrotados, seus donos, editorialistas e analistas não têm o mínimo respeito devido a mais alta autoridade do país, ao Presidente Lula. Nele veem apenas um peão a ser tratado com o chicote da palavra que humilha.

Mas há um fato que eles não conseguem digerir em seu estômago elitista. Custa-lhes aceitar que um operário, nordestino, sobrevivente da grande tribulação dos filhos da pobreza, chegasse a ser Presidente. Este lugar, a Presidência, assim pensam, cabe a eles, os ilustrados, os articulados com o mundo, embora não consigam se livrar do complexo de vira-latas, pois se sentem meramente menores e associados ao grande jogo mundial. Para eles, o lugar do peão é na fábrica produzindo.

Como o mostrou o grande historiador José Honório Rodrigues (Conciliação e Reforma), “a maioria dominante, conservadora ou liberal, foi sempre alienada, antiprogresssita, antinacional e não contemporânea. A liderança nunca se reconciliou com o povo. Nunca viu nele uma criatura de Deus, nunca o reconheceu, pois gostaria que ele fosse o que não é. Nunca viu suas virtudes, nem admirou seus serviços ao país, chamou-o de tudo -Jeca Tatu-; negou seus direitos; arrasou sua vida e logo que o viu crescer ela lhe negou, pouco a pouco, sua aprovação; conspirou para colocá-lo de novo na periferia, no lugar que contiua achando que lhe pertence (p.16)”.

Pois esse é o sentido da guerra que movem contra Lula. É uma guerra contra os pobres que estão se libertando. Eles não temem o pobre submisso. Eles têm pavor do pobre que pensa, que fala, que progride e que faz uma trajetória ascedente como Lula. Trata-se, como se depreende, de uma questão de classe. Os de baixo devem ficar em baixo. Ocorre que alguém de baixo chegou lá em cima. Tornou-se o Presidente de todos os brasileiros. Isso para eles é simplesmente intolerável.

Os donos e seus aliados ideológicos perderam o pulso da história. Não se deram conta de que o Brasil mudou. Surgiram redes de movimentos sociais organizados, de onde vem Lula, e tantas outras lideranças. Não há mais lugar para coroneis e para “fazedores de cabeça” do povo. Quando Lula afirmou que “a opinião pública somos nós”, frase tão distorcida por essa midia raivosa, quis enfatizar que o povo organizado e consciente arrebatou a pretensão da midia comercial de ser a formadora e a porta-voz exclusiva da opinião pública. Ela tem que renunciar à ditadura da palabra escrita, falada e televisionada e disputar com outras fontes de informação e de opinião.

O povo cansado de ser governado pelas classes dominantes resolveu votar em si mesmo. Votou em Lula como o seu representante. Uma vez no Governo, operou uma revolução conceptual, inaceitável para elas. O Estado não se fez inimigo do povo, mas o indutor de mudanças profundas que beneficiaram mais de 30 milhões de brasileiros. De miseráveis se fizeram pobres laboriosos, de pobres laboriosos se fizeram classe média baixa e de classe média baixa de fizeram classe média. Começaram a comer, a ter luz em casa, a poder mandar seus filhos para a escola, a ganhar mais salário, em fim, a melhorar de vida.

Outro conceito inovador foi o desenvolvimento com inclusão soicial e distribuição de renda. Antes havia apenas desenvolvimento/crescimento que beneficiava aos já beneficiados à custa das massas destituidas e com salários de fome. Agora ocorreu visível mobilização de classes, gerando satisfação das grandes maiorias e a esperança que tudo ainda pode ficar melhor. Concedemos que no Governo atual há um déficit de consciência e de práticas ecológicas. Mas, importa reconhecer que Lula foi fiel à sua promessa de fazer amplas políticas públicas na direção dos mais marginalizados.

O que a grande maioria almeja é manter a continuidade deste processo de melhora e de mudança. Ora, esta continuidade é perigosa para a mídia comercial que assiste, assustada, ao fortalecimento da soberania popular que se torna crítica, não mais manipulável e com vontade de ser ator dessa nova história democrática do Brasil. Vai ser uma democracia cada vez mais participativa e não apenas delegatícia. Esta abria amplo espaço à corrupção das elites e dava preponderância aos interesses das classes opulentas e ao seu braço ideológico que é a mídia comercial. A democracia participativa escuta os movimentos sociais, faz do Movimento dos Sem Terra (MST), odiado especialmente pela VEJA, que faz questão de não ver; protagonista de mudanças sociais não somente com referência à terra, mas também ao modelo econômico e às formas cooperativas de produção.

O que está em jogo neste enfrentamento entre a midia comercial e Lula/Dilma é a questão: que Brasil queremos? Aquele injusto, neocoloncial, neoglobalizado e, no fundo, retrógrado e velhista; ou o Brasil novo com sujeitos históricos novos, antes sempre mantidos à margem e agora despontando com energias novas para construir um Brasil que ainda nunca tínhamos visto antes?

Esse Brasil é combatido na pessoa do Presidente Lula e da candidata Dilma. Mas estes representam o que deve ser. E o que deve ser tem força. Irão triunfar a despeito das más vontades deste setor endurecido da midia comercial e empresarial. A vitória de Dilma dará solidez a este caminho novo ansiado e construido com suor e sangue por tantas gerações de brasileiros.

Fonte: Adital

Homens...
Quando a última árvore tiver caído
Quando o último rio tiver secado...

Quando o último peixe for pescado,
Vocês vão entender que dinheiro não se come.
- Greenpeace-

Dancing at the Movies - Music Video

Obrigada meu Deus ,pela dança nossa de cada dia!!!!!
Como ébom dançar!!!!!!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A Agressividade e a discórdia é o tom da Política?????A luta pelo poder é desumanizadora?????Abram os olhos!!!Ofender em nome de política é uma atitude digna e legítima ??????

Pelo cuidado com os bichos, com as plantas, com tudo que vive e respira junto a nós nesse planeta.Salve SÃO FRANCISCO!!!!!!!!
Eu voto na Dilma porque quero que nossas conquistas sejam estabelecidas no próximo governo.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Para os poetas de plantão...

Aqui vai a minha mais completa ousadia: a de escrever ...
Lavei os pés, a intimidade e o rosto.
Na verdade , nem sei bem ao certo para que lavar-me.
Essa necessidade de estar limpa, vem de onde?
De que parte de mim?
Quando me vejo transfigurada pela melancolia,pelo tédio, já me bate logo essa economia de limpezas.
Vem um desejo de não me lavar , de não me banhar...
Cabelos sujos, desgrenhados, cheiro de guardado, de mofo mesmo.
Combina mais com os olhos fundos sem brilho.
Não há comiseração ,ou piedade, não há.
Há um entorpecimento,um desânimo, algo que parece vir de um outro tempo,sequer tem ligação com fatos corriqueiros./É vazio, oco.
Sem nenhum preenchimento.
Um quase vácuo.
Um quase nada.
Posso ficar horas construindo frases.
Mas , não há em mim nenhum engano: Não é poesia.
O que escrevo ,ou talvez desabafo, não é do mundo dos poemas.
É o que sujo dentro de mim vaza, sobra.
É a minha alma que agoniada vômita.
Só isso.

Silvia M.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Nuit Blanche


Nossa!!!Que chute na boca do estomâgo!!!!!!!Com essa ,preciso dormir três dias seguidos pra me acalmar....

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM.Não Comentem!!!Não Comentem!!!NÃO COMENTEM.NÃO COMENTEM...
NÃO COMENTEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

mudanças...

Mudei o uso de Margarina por Manteiga
Motivo:quando soube que, mais uma molécula e a margarina virá plástico dentro da gente.
Mudei o uso de sal comum por sal Marinho
Motivo:a longo prazo faz bem a saúde e altera bastante o gosto,você sente mais o sabor da comida e não do Sal.
Mudei a frequência com que via televisão
Motivo :Me causa tristeza e impotência assistir tanta notícia ruim em detrimento de poucas coisas de qualidade.Interessante ressaltar que nem lembro do Finado hábito. Minha vida não piorou por me sentir menos "informada ou atualizada"
Mudei o a quantidade do uso de Azeite na comida
Motivo:Não sei muito porque, mas estou usando uma quantidade bem maior(será por causa dos vidros bonitos?)
Mudei o modelo do Orkut novo pelo super Antigo
Motivo:Achei a mudança chata, impositiva e desnecessária, e no mais um apelo gritante à fofoca.
Mudei a cama que eu adorava (da Vovó) do meu quarto ,por uma menor
Motivo:Para ganhar espaço - na vida e no quarto

Para os que como eu possuem uma certa dificuldade nas mudanças: Asseguro , não é fácil ,nem confortável realizar qualquer mudança.Porém vai se criando maneiras de sobreviver ao repúdio de tirar qualquer hábito do lugar.E aos poucos encara-se "a Mudança" como algo relativamente tranquilo.
Para se pensar sobre...

domingo, 26 de setembro de 2010

O mundo é rosa, cor de chocolate, o escuro brilha , e a luz ofusca...êita vida Besta!!!!!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Ne me quitte pas

Outro presente de Camila!!!
Impressionante!!!!

Barbara - Dis, quand reviendras-tu ?

Presente de Camila!!!!Lindo demais!!!!Adorei!!!!
Diga,Quando regressarás????????
Hoje ouvi uma frase ótima :
O AMOR que você busca , está a sua procura!!!!!
Imediatamente eu perguntei:
Valha!!!e porque é que a gente num se encontra?????????????????

quarta-feira, 22 de setembro de 2010


Eu era tantas e não era nenhuma.
Era uma eu que nem existia.
Era outra e não via ninguém no reflexo do espelho.
Era sim, e negava.
Era não e retrocedia.
Partia-me e sumia.
Espedaçava-me.
Estilhaçava-me.
Desconstruia-me.
Depois:colei-me novamente.
Refiz meus pedaços espalhados.
Morri e assim deixei de pensar em concretudes.
olhos e boca-escancarados.
Descansei e dormi no chão .
Talvez fosse sonho...
Silvia

Em Quem votar????????????????????



terça-feira, 21 de setembro de 2010

LISTOMANIA

As regras: Não demore muito para pensar sobre isso. Quinze livros que você leu que vão sempre estar com você. Liste os primeiros quinze que você lembra em não mais do que quinze minutos. Eles não tem que estar em ordem de importância. Marque quinze amigos, incluindo eu, porque eu estou interessado em ver quais livros meus amigos escolheram. (Isso foi retirado do Facebook do Fran Viana).E eu estou adotando. Espero as suas listas.

Meus Quinze livros Inseparáveis:

1.Se me deixam falar -Domitilia Barrios

2.CEM ANOS DE SOLIDÃO-Gabriel Gárcia Marques

3.Os dragões não conhecem o paraiso -Caio Fernando Abreu

4.I Ching -Richard Wilhelm

5.Revolução dos Bichos - George Orwell

6.Candido Urbano Urubu-

7.Morangos mofados.-Caio Fernando Abreu

8.Cartas-Caio Fernando Abreu

9.Arte da Felicidade-Dalai Lama

10.Dançar a vida-Roger Garaudy

11.Perto do coração selvagem-Clarice Lispector

12.Não Verás país nenhum-Inácio Loyola Brandão

13.Doze contos peregrinos-Gabriel Gárcia Marques

14.Henfil na China-Henfil

15.O evangelho segundo Jesus Cristo.-Saramago

E os seus quinze livros inseparáveis???????

Silvia Moura

Todas as palavras tomadas literalmente são falsas. A verdade mora no silêncio que existe em volta das palavras. Prestar atenção ao que não foi dito, ler as entrelinhas. A atenção flutua: toca as palavras sem ser por elas enfeitiçada. Cuidado com a sedução da clareza! Cuidado com o engano do óbvio!

Rubem Alves
Pra mim todo dia é dia Mundial sem carro, por opção até aqui-Nunca quis ter um carro.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

sábado, 18 de setembro de 2010

Sigo tantos blogs , que chego a ficar tonta!!!!!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

"Sou o tipo de mulher que, quando meus pés tocam o chão a cada manhã, o diabo fala: "Oh droga, ela acordou!""

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Bem...Ando um pouco sem coragem.
Uma vontade de mudar um monte de coisas a minha volta.
Até sinto vontade de escrever,mas, me falta algo.
Acho que estou esperando topar num milagre...
Essas coisas que acontecem e iluminam a gente.
Bem, é como se as coisas que estão aqui nesse momento ,vocês já soubessem.
Entendem?
Não há novidades ou mudanças, ou fortes inquietações.
Estou num espaço,na beira de algo,pressinto.
Porém , não sei o que é.
Aguardo, espero.
Tempo estranho.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

"A Utopia está lá no horizonte.
Aproximo dois passos, ela se afasta dois passos.
Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos.
Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei.
Para que serve a utopia?
Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar".
( Eduardo Galeano )

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Salve ,Salve!!!!Pátria Amada BRASIL!!!!!

Gosto Muito de Feriado assim num dia solto-Terça-feira.Cara de Domingo sem ser, silêncio, rua vazia,nada de telefonemas a fazer, a receber.Monte de coisinhas pra fazer e você escolhe fazer nada . Bom demais!!!!
Agora lavando a louça com um sabão que adoro-ECONÔMICO, me veio um monte de lembranças:Cheiro de roupa limpíssima lavada pela D. Nina , uma senhora que lavou roupa na casa de minha mãe durante anos.Adoro a D. Nina, saudade do seu sorriso meigo e tímido, do seu abraço brusco,sem dar sinal de abraço.
Pronto :decidido-Vou procurar a D. Nina, quero lhe dar um abraço.
D. Nina é uma Brasileira das mais típicas - veio do nada, saída da miséria do interior ,buscando uma vida melhor na Capital, morou a vida inteira na periferia, trabalhou duro de Sol a Sol, e conseguiu comprar sua casinha ,se aposentou, criou os filhos com dignidade,todos são do lado do bem. Lembro que D. Nina votou no Lula ,O Brasil melhorou pra ela.
D.Nina é um exemplo para o Brasil - sobreviveu , cresceu, e tem sua dignidade.
"Verás que um filho teu não foge a luta"
Desde ontem me emociono ao cantar ou escrever o Hino do Brasil.
Gosto demais da letra do Hino, forte poesia, cheia de frase bem acabadas , fortes , a nossa cara.
Adoro cantar o Hino aos berros com a mão no peito. Acredito no Brasil,Gosto do Brasil.
Ontem numa escola que dei aula substituindo um amigo, cantei com as crianças, vendo nossa Bandeira ser hasteada. todos com a mãozinha no coração.Lembrei da minha infância no 7 de Setembro- Prof Gondim nos ensinando a Poesia contida em nosso Hino, aprendi a amar a letra, a respeitar a poesia,a cantar com fervor nessas aulas.Onde andará o Prof Gondim ???? Lembro das tentativas de decorar a difícil letra do Hino, a procura de significados para as palavras nunca vistas:
Labáro
Fúlgidos
Impávidos
Colosso
Fulguras
Por algum tempo desejei usar essas palavras em frases, confesso que não consegui.Mas,procurei os significados e magicamente o Hino foi se tornando cada vez mais bonito aos meus olhos.
Ontem me perguntei ao ver as crianças cantando:A onde nasce a nossa noção de civilidade, de patriotismo ??
Como se vai construindo isso ao longo da vida ?
Esse ano cantei o Hino Nacional na II Conferência Nacional de Cultural,no Teatro Nacional ,junto com o Presidente da República - Lula.
Nossa!!!!Que emoção!!!!
Olhei para o lado e uma senhora chorava como eu. Para o outro lado e um rapaz bem jovem , também chorava.
Nunca pensei em viver isso,ouvir o presidente fazendo um discurso para as pessoas da Cultura, e eu estava lá, me senti de fato e de direito uma cidadã Brasileira.Um governo que também é feito para mim.
Não tive vergonha de chorar,fiquei tão comovida e encantada com o discurso do Presidente - Um Homem simples e sábio ,falando para os seus ,sem distâncias, sem pompas e sem circunstâncias,um Brasileiro como eu, como a D. Nina, vindo dos mesmos lugares, com inquietações semelhantes.
Para mim esse é o Brasil do nosso Hino.
No Dia da Independência do Brasil desejo a todos nós Um Brasil melhor , mais digno do nosso Povo, do nosso Hino.
Ó Patria Amada!!!!Salve,Salve Brasil!!!!!!

Silvia Moura
234.
2 + 3 + 4 = 9 noves fora nada.

234 visitantes = eu sozinha olhando para a tela do computador.
A isso -chama-se : MODERNIDADE

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

I

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heroico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido,
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do
Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo
És mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

II

Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do
Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores,
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".
(*)

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
- Paz no futuro e glória no passado.

Mas se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo
És mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Deitado eternamente em berço explêndido, ao som do Mar e a luz do céu profundo.
Olhando o mapa de visitantes , vi um pontinho em Cabo Verde.Estive lá no inicio do ano.Nossa!!!como eu gostei de Cabo Verde , moraria lá e seria muito feliz .Gostei das pessoas,da cidade, da comida.
Quem será que visitou o blog????Será que eu conheço??
Mando um grande abraço a todos os amigos de Cabo Verde.
Um dia quero voltar.

Pra semana começar mais doce!!!!!Benza Deus!!!!
Foto de Nely Rosa

CAMPANHA "VOU DE BIKE"
Adoraria ter coragem, detesto carro.Nunca quiz ter um, gosto de andar de ônibus,olhando pela janela, dizer obrigada ao motorista e ir embora - Nada de estacionamento.
Gosto de andar, gosto de táxi.
Não gosto mesmo é da idéia de me ver atrás de um volante - Bicho Máquina.
Tenho resistido a esse "Conforto" até aqui.
Viva a resistência!!!!!!

Não conheço Campo Grande...Tenho planos de conhecer.
" O BRASIL NÃO CONHECE O BRASIL"

domingo, 5 de setembro de 2010

Michael Jackson Pepsi Generation

Na vida, quem perde o telhado ganha as estrelas....

o Prazer, o divertimento...

O prazer desse domingo foi olhar fotos e colocar no Facebook..Lembranças, rever pessoas lindas, tempos outros.
Depois: parada para almoço.Cozinhar ,aproveitar as sobras, não deixar nada estragar, só não rolou o Alface de ontem, mas, os coelhos e a tartaruga deram conta dele.
Dividi o silêncio da cozinha com Felipe- a Tartaruga.
Fazer um cardápio que todos comem, porque aqui dá de tudo:dos que quase nada comem, e dos que comem quase tudo.
Cardápio:
Arroz de ontem esquentado na cuzcuzeira,Feijão mulatinho com nata (muita nata),salada de ontem acrescida de batata doce/ovo cozido/azeitonas e maionese,Farofa de tudo -clara de ovo(sobra da gemada)/casca de banana/cebola e alho(delicia), e pra terminar ensopado de carne de ontem bem quentinho. Ai Ai...
Delicia.
Lembrei da minha Vó,e da minha mãe - o exercicio de transformar as coisas e não deixar estragar comida.Malabarismo gastronômico...

do facebook da Fátima Muniz. Adorei!!!!!
Tudo tem que se transformar num tratado de filosofia?????
Escrevi em Dezembro de 2009, ainda está valendo...



SEJAM BEM VINDOS!!! Sintam-se á vontade, como se estivéssemos conversando, olho no olho.
Conversar me salva da solidão, escrever me salva do tédio.
Imagino que sempre tem alguém que irá ler, mesmo que seja eu, em outro dia. É bom ter escrito e noutro momento me ver , de longe , me faz pensar sobre as coisas de outra forma.
Há um descompasso entre a vontade de viver, e a vida que se consegue viver. Entre o desejo e a possibilidade de realização.Entre o fazer e o sentir. Entre o perceber e o concretizar.Entre o propor e o estabelecer.Entre o que é dito e a negação ou aceitação dos discursos.Entre o que se quer e o que se consegue.Entre o que seria justo e entre o que acontece.
Há um descompasso ...

sábado, 4 de setembro de 2010

Achei!!!!Achei!!!!


Achei o meu livro do Caio Fernando Abreu que estava sumido a mais de um ano-OS DRAGÕES NÃO CONHECEM O PARAÍSO.
Será que ele estava recluso??Estava mal????Deprimido???
Encontrei magicamente num lugar que já havia procurado : entre os livros.
Apareceu. Quase perguntei pra ele - Está tudo bem ?????
Não ousei. Vai que ele responde com uma mordida,ou começa a chorar.
Bem sei como é isso.
Preferi abraçar ele logo, sem nenhuma pergunta, e dizer:
"Fiquei muito feliz ao revê-lo".
Agora relendo postagens antigas -me desconheci...Quem é essa pessoa que escreve , escreve, quem é?????

"Tenho sentido muita falta, e não tem nada há ver com nostalgia , é falta mesmo.Sinto como se o afastamento de tudo que construi, seja dentro de mim uma espécie de morte.
sinto tanta falta, uma fome de criar, mas, ao mesmo tempo não tenho mais energia de chamar, de inventar possibilidades de convivência, gastei tanto, que agora me falta.essa liberdade que causava algo nas pessoas e em mim se traduzia em paz , em força .
e agora ??????
não sei...."

sexta-feira, 3 de setembro de 2010


Se pode ser de outro jeito...Se pode ser bem mais simples...Se sou eu que complico...
Onde começou a dar errado???????????????????

LOS GRITONES

ardo..

Tenho febre...ardo...
minha boca estourou, meu corpo tem dores espalhadas .adoeço.
desânimo,me esquivo de olhar minhas olheiras no espelho.
Travo batalhas internas, desvios caminhos, para evitar ,na tentativa vã de existir dentro de alguma normalidade - conto os dias em que consigo manter por muito tempo um estado de parecer com o mundo que me rodeia.Se pudesse sumir entre um canto e outro - virar enfeite , daria um bom jarro.
me esquivo do confronto,arrependo-me de ter alardeado minhas fragilidades.
antes quando morria,não tinha que me preocupar em ter causas-morria e pronto.
Quem sabia era eu.
Inadequada permanecia , até que me coubesse de novo entre as coisas e pessoas.
Agora por saberem , me taxam, colocam porcentagem de humores.
Me sonegam os fatos - pobrezinha sente muita dor!!!!
Na verdade, não se olha com bons olhos quem acusa sofrimento.Gosta-se mesmo -dos fortes, dos que matam a dor no peito e chutam a fragilidade pra longe com ares de superioridade.
Canso de ver as letrinhas de um possível letreiro na testa das pessoas - Nossa!!!Já vai se descontrolar...
No fundo há um julgamento - julga-se a dor do outro.Com direitos de algoz, como se a dor sentida fosse opção, um luxo, uma escolha.
Porque não se trata ??????
E cobra-se veladamente: motivos , justificativas para o descontrole, a desilusão, o cansaço, o desânimo,a desesperança, a irritação, a vontade de sumir...
Fatos...Sofre tanto porque???
Nem sabe...
Sinto que se escoam as chances de entendimento, sinto vontade de arrancar de mim 42 motivos para estar assim, ser assim...
E quando arranco ,um a um, vou me amesquinhando, vou sumindo.
E nunca me parece suficiente para a dor sentida.
- Quase escuto : e sofre tanto ,por isso???
Sem contar que tenho que lidar com minha própria insatisfação por não ter dominio,por não conseguir sofrer ou me incomodar sem chegar no outro.
Me moldo no descontentamento.Crio sistemas ,relações, possíveis desvios, maquiagens várias para adiar a chegada desse estado-desse desconforto.
E sigo com o cheiro que cola em mim.
Quero existir ,porém me arrasto entre um suspiro e outro.
Grito soluções, espremo simpatias, evoco lembranças boas, sonho acordada com dias iluminados e milagres,fantasio soluções.
E sigo defeituosa, inadequada,insuportável,violenta, aos pedaços.
Como se carregasse pedras .
Assim...
Não conheço Belo Horizonte,não conheço Curitiba, não conheço Fortaleza.Acho que não conheço nenhuma cidade.Cada vez que vou a um lugar ele me parece tão diferente , e eu tão igual, ou o contrário.
De forma que estranho a minha rua. Dias atrás andei 20 quadras ou como se diz aqui :vinte quarteirões, e ninguém , viva alma cruzou comigo, não era feriado, não era madrugada e nem chovia.Simplesmente não havia ninguém na rua .Minha rua que vai dar no centro e quase sempre está cheia, movimentada, não tinha ninguém. Nesse dia estranhei onde moro, a mais de 10 anos .
Cheguei a pensar : É A REVOLUÇÃO e esqueceram de me chamar.Não era.Entrei em casa com a sensação de estranjeira.Quase falando uma outra língua.
Assim,como posso dizer -conheço Fortaleza????

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Frida Kahlo




Falta pouco...
E algum remédio que nos dê alegria....




SÔNIA BRAGA - 60 anos.
Beleza é isso.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Fontella Bass - You'll Never Know


Mais de Fontella, me dá um aperto bom, uma saudade, uma vontade de fugir, de sair correndo e nunca , nunca mais voltar...

cinematic orchestra - all that you give


Para Fauller e Dado, que compartilham do meu gosto musical - um presente :Fontella Bass.Linda e forte!!!!!
Com carinho.

domingo, 29 de agosto de 2010

Agosto está acabando....
Tive uma grande surpresa-reencontrei um grande amigo de 20 anos atrás- Neuri Mossman.
Que grata surpresa.Que prazer .Ainda mais , porque ele continua o mesmo , mais adulto, mas, com o mesmo sorriso, a mesma gentileza, foi como se nos tivessemos visto a pouco tempo. E já se passaram 20 anos.
Que bom ter encontrado Neuri!!!!
Obrigado Danilo!!!!!
"Faça uma lista de grandes amigos :
Quem você mais via há dez anos atrás ?
Quantos você ainda vê todo dia?
Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha. Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre ?
Quantos você conseguiu preservar...
Quantos segredos que você guardava ,Hoje são bobos ninguém quer saber?

Oswaldo Montenegro
A vida promove encontros.
A pergunta é : Quem promove os desencontros??????

sábado, 28 de agosto de 2010

Thiago Pethit - Mapa-Múndi

Saudade de ser outra.de alguma coisa que não sei bem o que..
um livro muito bom????????? Não, preguiça de ler agora.
de comer algo bem gostoso ?????????? Não, sem fome...
De ver um filme daqueles???????? Não, sem saco de pensar.
De sair pra um lugar massa???? Não, e tem esse lugar???
Definitivamente , não sei de que sinto tanta falta...
Ora piulas...

olá!!!

Bom dia para quem é de dia!!!!
Boa noite para quem é de noite!!!!
como vão????
dai do outro lado do computador, sobre o que você está pensando????
Quais são as questões quete tiram o sossego???
O que você gostaria de dividir comigo???
Eu tenho tanto pra te falar....
Abro o computador sempre a espera de algo, de uma palavra,uma imagem, uma surpresa...
E você????

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

"Dois problemas se misturam, a verdade do universo e a prestação que vai vencer..." Raul

do blog de Juliana Veras http://dasentranhascadmeias.blogspot.com/

Visitem!!!!
Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez eu sei
Escuridão já vi pior de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem.

Tem gente que está do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Tem gente enganando a gente
Veja a nossa vida como está
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!

Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez eu sei
Escuridão já vi pior de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem.

Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena
Acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!

Salve Legião Urbana!!!!!!!

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Se tropeço na Felicidade,
caio e não levanto,
Quando consigo ver:
Já se foi a Danada...
Já se foi.

"O QUE NÃO LATEJA ME ENTORPECE..."

até aqui...

Se tinha medo do desgosto de agosto...
Cheguei até 24 de agosto .Confesso que não foi tão dificil..
Fora os fantasmas do medo e da solidão,as coisas correram nos trilhos...
Nenhuma notícia de soltar AH!!!!!! ou UI!!!!!!
Mas, nenhuma de chorar de raiva ou tristeza.
Tive boas surpresas.
Continuo sem assistir televisão.Então, não me considero uma pessoa informada , antenada com os acontecimentos do mundo.
Ando as cegas e sou uma indefinição bem disfarçada...
Corro atrás do tempo na tentativa de arrumar meu pensamento.
Aproveito cada momento de lucidez , e as oportunidades de realização são acatadas com vigor.
Assim tem sido cada dia desse Agosto que se estende até chegar setembro.
Silvia

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

são 20:37 h no Brasil em Fortaleza, na minha casa,onde o tempo parece ser de outro tom.
Entro aqui como se estivesse a espera...
Será que há quem esteja a minha espera ??em outro canto, outra casa,noutro tempo???
Talvez a pergunta seja- Eu estou a espera de alguém????
Quem???pra que????

Hoje terminei e entreguei com relutância mais um projeto, busca tosca da possibilidade de uma existência.
Atravessei a rua e entrei numa padaria - tinha fome.E vi na vitrine -Sonhos.
Não me contive -Comprei um sonho e sai comendo meu sonho devagar e a pé.
Nada mais apropriado.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010




Eu fui, defendi o direito de ir e vir no meu Bairro. Fiquei numa comissão que irá discutir nossas necessidades.Qual o BENFICA que eu quero???Qual a cidade que eu quero???Como construir isso????
É possível mudar ou sanar os problemas que invadem nossa cidade????

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Para conviver:

*Não deixar residuos ,coisas mal resolvidas...
*Evitar atritos desnecessários.

Conviver é saber SE aguentar.
A vida é uma festa ,todo mundo foi convidado.O problema é saber quem fica pra limpar a sujeira.
Conselho: Mantenha uma postura reflexiva diante dos fatos da vida.
Segure a onda!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Precisamos conversar. Acontece que eu achava que nada mais tinha jeito. Então vi um anuncio de uma água de colônia da Coty, chamada Imprevisto. O perfume é barato. Mas me serviu para lembrar que o inesperado bom também acontece. E sempre que estou desanimada, ponho em mim Imprevisto. Me dá sorte...

Clarice Lipector

domingo, 15 de agosto de 2010


Já fazem muitos anos que junto coisas - pra muitos :lixo!!!!
E muitos anos que separo meu lixo-Papel / Latas/ Vidros/ Plásticos/Embalagens do lixo que vai de fato para o lixo.
Hoje separando o lixo para dar aos catadores observei:
o meu consumo em lixo é :
5% Vidro
10% Latas
15%Papel
5%Papelão
65%Plástico - 20%garrafas(pet) -45%Plástico fino(embalagens e sacolas)

Fiquei Horrorizada!!!!!!!!!Como a gente usa plástico....
Isso tudo vai parar a onde??????????